Pitacos Entrevista

IMG_20160401_114650

Como ele mesmo se intitula: graduado na arte de se virar. Paulista de Diadema, estudante de Relações Públicas, rato de peladas, Raul Ferreira é a voz que reverbera no blog rebatida.wordpress e hoje participa do Pitacos Entrevista.

 

Pitaco: Qual é a sua primeira lembrança como torcedor palmeirense?

Raul Ferreira: Bom, eu sofria forte influências por parte da família para ser flamenguista. A primeira vez que me peguei sofrendo em um jogo do Palmeiras, foi na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro em 98. Eu tinha 7 anos de idade e ali decidi o que queria para minha vida.

 

Pitaco: Você cresceu na fase áurea do Palmeiras/Parmalat, dessa época para os dias de hoje, o Palmeiras viveu momentos de altos e baixos.  Hoje, apesar da má fase do verdão, o time é recheado de bons jogadores. Você não teme que após a saída do presidente Paulo Nobre, que com suas empresas, é quem banca todo esse elenco, o Palmeiras não volte a passar por momentos de forte turbulência dentro de campo?

Raul Ferreira: Por tudo o que o palmeirense passou nos últimos tempos, eu diria que não tememos nada. Hoje, o clube começa a ter uma vida financeira mais saudável, apesar do Nobre sempre dar uma mãozinha. Acredito que o futuro seja mais promissor.

 

Pitaco: A que se deve a atual crise do Palmeiras? Falta equilíbrio, técnico e/ou emocional, à equipe?

Raul Ferreira: Isso é algo que beira o inexplicável. O clube paga em dia, a torcida lota o estádio mesmo com ingressos a valores absurdos e apoia o jogo todo. É um misto de azar com um pouco de descaso de parte do elenco.

 

Pitaco: O título da Copa do Brasil do ano passado serviu para mascarar os problemas do Palmeiras?

Raul Ferreira: Não! A gente foi campeão e a torcida tinha plena consciência que foi na raça, no peso da camisa e no grito da arquibancada. Talvez o maior erro foi não reformular o elenco. O título pareceu criar um certo comodismo.

 

Pitaco: Marcelo Oliveira, Campeão da Copa do Brasil em 2015, deveria ter sido demitido mesmo?

Raul Ferreira: Deveria! E deveria ter caído no final da temporada passada. O time era mal treinado e vivia de jogar bola na área. Ele teve grandes passagens por Coritiba e Cruzeiro, mas aqui no Palestra, apesar do título, saiu devendo.

 

Pitaco: Não é o caso de se reformular a equipe inteira?

Raul Ferreira: A equipe inteira, não. Mas as contratações desta temporada foram, em sua maioria, equivocadas. O maior exemplo foi chamar o Edu Dracena para repor a vaga deixada pelo Jackson. Precisamos de reforços à altura de uma Libertadores (e talvez o único que chegou nesse nível foi o Jean).

 

Pitaco: Se pudesse escolher um jogador, que atua no Brasil, para reforçar o Porco, quem seria esse cara?

Raul Ferreira: O Riascos! Hahahah. Sério, eu gostaria de ver o Diego Souza com a camisa do verdão de novo!

 

Pitaco: Recentemente o goleiro Fernando Prass teria declarado que “não adianta o pessoal que fica no banco fazer biquinho por não jogar, pois não são melhores do que os que estão jogando”. Você acha que esse tipo de declaração ajuda?

Raul Ferreira: Com a moral que o Prass tem na equipe e com a torcida, ele pode falar o que quiser! É um dos jogadores mais profissionais que vi vestindo a camisa do Palmeiras.

 

Pitaco: Quais jogadores não vêm sendo utilizados e poderiam entrar no time titular?

Raul Ferreira: Cristaldo! Eu sou um fã incondicional do Churry e da raça e força de vontade que ele demonstra. Não entra na minha cabeça que ele seja pior que o Barrios e o Alecsandro.

 

Pitaco:  Fernando Prass é esse goleiro todo que estão pintando aí na imprensa na paulista?

Raul Ferreira: Para os palmeirenses, sim. Ele preencheu a lacuna que o Marcos havia deixado. Virou ídolo, chamou a responsabilidade nos momentos decisivos e cansou de salvar o Palmeiras. Fez muito isso quando defendeu o Vasco também. Para mim, é um dos grandes goleiros que atuam aqui no Brasil.

 

Pitaco: Imagine a seguinte situação: última rodada do Brasileiro, o Palmeiras  precisa vencer para ser campeão, ocorre que essa mesma vitória alviverde livraria o Corinthians do rebaixamento. E aí, o que você desejaria que acontecesse na partida do Verdão? Vencer e sagrar-se campeão salvando o Timão ou abre mão do título para ver seu maior rival rebaixado?

Raul Ferreira: Com certeza eu iria escolher o título! E ainda comemoraria às custas dos amigos gambás que ficariam me devendo uma eternamente, hahahaha.

 

Pitaco:  O Corinthians é o seu maior rival, seu malvado favorito?

Raul Ferreira: Sim! É sem dúvida a maior rivalidade de São Paulo. E ganhar deles tem um gosto especial.

 

Pitaco: Quem foi o maior craque que você viu jogar com a camisa alviverde?

Raul Ferreira: vi o Alex, o Edmundo, o Valdivia, o Arce, um pouco do Evair… mas o São Marcos é incomparável.

 

Pitaco: E o pior jogador que passou pelo Palestra?

Raul Ferreira: Nossa, a lista é gigantesca! Acho que o Fabinho Capixaba foi o pior lateral que já vi na vida!

 

Pitaco: Até onde esse Palmeiras, afundado na crise, sob o comando do vitorioso técnico Cuca, pode ir em 2016?

Raul Ferreira: É difícil falar. Como torcedor, a gente sempre acredita numa virada. No momento, espero que classifique para o mata-mata da Libertadores. Daí para frente, é raça e coração.

 

Pitaco: Quais foram os jogos inesquecíveis, para o bem e para o mal, de sua história como torcedor do Verdão? Qual foi o memorável e o que vem nas piores memórias?

Raul Ferreira: Aquela semifinal contra o Corinthians pela Libertadores de 2000, onde o Marcos pegou o pênalti do até então “pé de anjo” Marcelinho Carioca, foi algo indescritível. Havia acabado a energia no meu bairro, e eu acompanhei a disputa de pênaltis pelo rádio. Talvez isso tenha marcado ainda mais. Nem sei como sobrevivi, rs.

E uma das piores lembranças foi a final dessa mesma Libertadores, contra o Boca Juniors. Foi a primeira vez que chorei por futebol na minha vida.

 

Pitaco: De todos os jogadores que viu jogar pelo Palmeiras, quais formariam sua seleção?

Raul Ferreira: Marcos; Arce, Henrique, Junior Baiano e Junior; Marcos Assunção, Pierre, Alex e Valdivia; Barcos e Obina hahahaha (era para ser o Edmundo, mas o animal não era melhor que o Eto’o)

 

Pitaco: Existe risco real de queda no paulistão?

Raul Ferreira: Até o jogo contra o Rio Claro, era algo que dava um frio na espinha de qualquer torcedor. Agora faltam duas rodadas e a chance de cair é muito pequena.

 

Pitacos: Aqui no Rio existe uma corrente pelo fim do Estadual. Como você vê o Paulistão? A fórmula é interessante? Os jogos são empolgantes? Ainda tem futuro esse tipo de competição?

Raul Ferreira: O campeonato paulista é muito forte, um dos melhores regionais do país. Mas não dá para comparar um jogo contra a Ferroviária e um jogo contra um Cruzeiro, Grêmio… Não tem como grandes clubes sustentarem seus elencos jogando contra time de segundo e terceiro escalão.

 

Pitacos: Você acredita no hexacampeonato da Seleção em 2018, mesmo com Dunga?

Raul Ferreira: Eu gostava mais do Dunga turrão da primeira passagem pela seleção. Não acho que ele seja a melhor opção para a Copa de 2018 e o fato da imprensa odiá-lo complica ainda mais a situação. Em todo caso, a história mostra que apenas somos campeões mundiais quando chegamos desacreditados. Talvez estejamos no caminho certo, rs.

 

Pitacos: quem é o jogador que deveria fazer parte dessa seleção e que está de fora?

Raul Ferreira: Acredito que o Lucas Moura do PSG encaixaria bem nesse elenco. E, por que não, o Negueba ali pela ponta?! hahahaha.

 

Pitaco: Pontos Corridos ou Mata-mata?

Raul Ferreira: Não dá nem para comparar! Se alguém escolher pontos corridos, é porque não entende nada de futebol.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s