Planeta Bola

Por Davi Miranda

Bilhões de galáxias, infinitas estrelas e nós discutindo se foi impedimento ou não.
Olhando de longe somos quase nada, mas, ao aproximarmos a lupa, somos algo singelo, peculiar e cativante. O universo se expande, desdobra-se infinitamente, do nada ao nada, e tudo é poeira cósmica. Estamos aqui, à deriva, em nossa minúscula tábua de salvação, empenhados em criar formas de passar o tempo – e a melhor delas é o futebol.

Outro dia o craque da seleção recebeu o segundo cartão amarelo, desfalcou a equipe e, enquanto isso, a luz de uma estrela quatrocentas vezes maior que o sol, que explodiu há dois bilhões de anos, ainda viajava sobre nossas cabeças. Assim também acontece com as grandes ideias: desafiam o tempo, iluminam a ignorância e mantêm-se acesas através das gerações. As mentes dos gênios, mesmo daqueles que se foram há eras, brilham tanto quanto as estrelas.

 

oo

 

Sim, o paradoxo é o máximo, e se, quando vistos do espaço, a olho nu, somos insignificantes, de maneira oposta, ao olharmos em um microscópio, vemos um outro universo – e aí nos tornamos gigantes. Ontem o goleiro da base se machucou. Seguirá tomando antibióticos que atacarão bilhões de bactérias; é uma guerra feroz, decidida nos detalhes; é o macro do micro, engajada luta de exércitos tentando se manter e avançar a qualquer custo; é pura competição, requer décadas de estudos em laboratórios. Somos nós brincando de deuses.

Vamos à lua e receitamos penicilina, discutimos a visita de Obama a Cuba, o último episódio do American Idol  e os melhores momentos no pós-jogo; nosso planeta viaja velozmente, no silêncio de um espaço hostil que foge à razão.  Vagamos como o pólen ao vento, e todos os caminhos levam às estrelas.

Ao mesmo tempo que a infinitude é real, parece-nos absurda. Melhor esquecermos toda a complexidade dos multiversos e nos mantermos em nosso mundinho azul, de preferência no aconchego do sofá. Bola pro espaço que o jogo é de campeonato!

 

ooo

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s