Querido Papai Noel…

Por Alan Parada

 

papai noel

 

Querido Papai Noel,

Esse ano, fui um bom menino. Fiz direitinho o dever de casa e consegui passar de ano, vou voltar para a turma com os meus velhos amiguinhos, da qual eu não deveria ter saído.

Eu sei que ainda não estou preparado para continuar bem nessa classe, mas vou me esforçar bastante para conseguir continuar com eles.

Mas, bom velhinho, caso o senhor ache que eu mereço, te peço que me envie de presente um pacotão de reforços. Um jogador bom para cada posição. Só não preciso de goleiro, pois o meu continua sendo o melhor do Brasil. Também te peço que não me deixe perdê-lo, pois sem ele, minha vida quase não existe.

Também quero que a reforma da minha casa termine logo, tá muito chato viver com um monte de andaime, poeira e sujeira de obra. Eu não mereço isso, ainda mais nessa casa novinha!

Que em 2016 eu possa terminar sorrindo de felicidade verdadeira por ter feito um ano bom, e não sorrindo de alívio como terminou esse ano.

Obrigado,

“Nilton Mané Severiano”

 

Meu 2015 não foi bom. Mas também não foi ruim. No final do ano passado, tinham certeza que eu iria reprovar e não aconteceu. Passei raspando, tirei algumas notas boas e fiz boas provas algumas vezes no ano.

Mas sei que eu poderia ter ido melhor, sei do meu potencial, já provei que posso terminar o ano como o melhor da turma outras vezes e esse ano cheguei a dar essa esperança ao pessoal lá de casa.

No ano que vem, quero de volta os meus guerreiros. Aqueles que encantaram o meu pessoal e deixava a galera da turma com medo de mim. De companheiros para meu time, quero só que acertem o alvo com reforços efetivos e não as barangas que vieram na maioria esse ano. Também quero que a molecada de Xerém continue dando frutos na base e no principal. Os tricolores se orgulham muito deles!

Agora estão falando que vou ter que trocar meu uniforme. Que o novo seja legal e deixe a turma com inveja de mim, já que meu uniforme sempre é o mais bonito da turma!

Um abraço,

“Cartola Guerreiro de Laranjeiras”

 

Queria que o ano passasse devagar, mas depois fui vendo que estava fazendo muita coisa errada, quis que 2015 terminasse logo. Consegui passar direto, mas fiquei na média. Quase todo ano eu consigo aparecer com alguma coisa e nesse que está acabando, não fiz nada demais. Tentei ficar entre os melhores da turma, me apresentei bem em algum tempo, mas logo depois voltei ao normal e só me perdi. A tal da Stella quase acabou comigo e prometo que no ano que vem vou evitar ficar com ela muito tempo pra não me estragar de novo.

O novo professor sabe como fazer ser o melhor e já conseguiu até com os coloridinhos de Laranjeiras, em 2010.

No novo ano, quero voltar a ser protagonista. Sempre fui o mais querido da turma, todo mundo olha para mim, seja com amor ou com ódio. Não gostei de ser tratado com indiferença.

De verdade, quero uma zaga que não seja um “ai Jesus” na bola aérea e um ataque que realmente faça gols. Esse negócio de Guerrero só deve funcionar nos coloridinhos maquiados!

Ah, e um cara que seja ídolo mesmo e não esses fabricados que acham que vão ser novos Galos só porque vestem meu manto!

Valeu,

“Mulambo Mais Querido”

 

Eu sei, mandei mal. Fui reprovado e ano que vem vou ter que correr muito atrás para voltar para a minha classe. Juro que acreditei na história de respeito do início do ano. Mas depois fui vendo que não é mais assim.

No início do ano, jogando só com os “menorzinho” não passei sufoco e quando encarei os Mulambentos, Coloridos e os Velhotes que são do meu tamanho, me saí bem.

Mas quando cheguei na turma de verdade de volta, a galera começou a me bater. Me senti um calouro tomando trote da turma! Fiquei isolado lá no fundo com um pessoal chato. Quando eu resolvi voltar pra ficar com o pessoal do meu tamanho já não dava mais. Me esforcei muito, fui até a última prova podendo passar raspando e continuar na turma, mas não deu. Até dei uma esperança pro pessoal lá de casa, mas meu histórico recente não deu muita esperança e acabou que eu rodei.

Tô puto! Aquele cara de charuto um dia vai pagar por me tratar assim e acabar com o meu ano de novo!

Ano que vem, nem sei o que quero pedir além de voltar pra minha turma lá em cima. Não me importa muito como, se vai ser bem ou mal, se vai ser como o primeiro da turma dos pequenos ou no meio do bolo.

O que importa é voltar pra minha turma bem, pra não ficar tomando porrada um tempão e nego não ficar me zoando o ano todo.

Espero ser atendido,

“Machão da Colina Histórica”

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s