Um apelo ao Zico

Texto por: Victor Mesquita

Ter uma carreira consolidada no tempo em que o Futebol realmente era para quem sabia, não era fácil. Ser o maior ídolo do Clube que se tornou o maior do país, graças a ele, tampouco. Zico conquistou tudo com o Flamengo, jogou na melhor Seleção Brasileira de todos os tempos – que ironicamente não trouxe o título mundial – e também foi idolatrado no Japão, onde jogando e atuando como técnico, em diferentes épocas, praticamente ensinou o verdadeiro futebol aos locais.

Porém, hoje, Zico vem insistindo em concorrer a cargos políticos, seja como presidente da FIFA, seja como diretor do Flamengo. Mesmo tendo uma traumática experiência quando trabalhou com Patrícia Amorim, na época em que ela presidiu o clube da Gávea, Zico ainda parece acreditar que pode ter sucesso como dirigente.

Certamente é algo que deve ser repensado, pois temos Roberto Dinamite como grande exemplo de um ídolo que, mesmo que jamais tenha sua história apagada, jogou fora grande parte do respeito que tinha dos torcedores do Vasco da Gama.

Portanto, Zico, a melhor coisa é não se meter nesse barco furado. Vá para onde te querem bem e te respeitam. Talvez o Japão seja uma grande opção para um segundo recomeço, desta vez fora das quatro linhas. Pois aqui no Brasil, se algo der muito errado, assim como aquele pênalti perdido contra a França, somente o erro será lembrado!

Crédito da foto: esportes.r7.com

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s