Sobre Memórias e Cestas

EventPromo1

Apresentação –

Constantemente deixo cair pelos caminhos quase tudo o que leio, vejo ou escuto; minha memória é muito ineficiente. Minhas lembranças são baseadas em sensações e sentimentos, pouca coisa é visual. Vou explorando os corredores da minha cabeça em busca de cores, texturas e músicas: este é meu processo criativo. E para mim não há nada mais realizador do que manchar com palavras uma página em branco.

Desta forma, é com grande satisfação que me apresento ao lado de Gabriel, Valdez e Victor para fazermos o Pitacos Ácidos, um blog sobre comportamento que, sobretudo, falará de esportes.

Finais da NBA –

No basquete a tensão é constante. É um jogo que nos dá a sensação de estarmos em uma gangorra, hora subindo aos céus e hora descendo ao inferno, numa incessante oscilação entre a glória e o fracasso. Vamos da certeza da vitória ao abismo da derrota em poucos segundos. Jogar basquete é morrer e ressurgir várias vezes.

Outra vez Lebron James tem feito o possível e o impossível para dar o sonhado título da NBA ao Cleveland Cavaliers. Inegavelmente tem sido um titã: conduz seu time com a propriedade de um grande ídolo, colocando-se à frente das batalhas, escalando cada vez mais alto a muralha que faz em si próprio.
Mas gigantes também tombam, ainda mais se do outro lado estiver Stephen Curry, o “pequeno notável”. Não seria exagero correlatar o duelo entre os dois ao de Davi e Golias.
Independente de quem vença, nós, telespectadores, sairemos ganhando.

Até a próxima!

Davi Miranda

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Sobre Memórias e Cestas

  1. Ysa disse:

    Muito bom, meninos!
    A foto me fez ter vontade de ler o texto; sou a mais nova fã de LeBron James, Klay Thompson e, flutuando entre e acima de todos, me conquistaram a leveza e a naturalidade de Stephen Curry.
    Sucesso pra vocês; inspiração e imaginação com certeza sempre haverá.
    Cheers!

    Curtir

  2. alanparada disse:

    Estou acompanhando as finais, muito mais por ser final do que por ser basquete.
    Mas realmente essa disputa está muito boa, os jogos bastante emocionantes.
    Acho que o LeBron pode conseguir levar o título praticamente sozinho, literalmente nas costas. E provar que é sim um dos maiores de todos os tempos, como sempre apostaram nele.
    O Curry ainda vai comer algum arroz com feijão, mas também vai colocar seu nome na história. Joga muito o garoto!!
    Parabéns pela volta!
    Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s